Please enable JS

Blog

Marketing de conteúdo: 8 erros para evitar ao promover o seu negócio

8 de fevereiro de 2024 / Marketing / por Comunicação Krypton BPO

Ferramenta é poderosa para pequenas empresas, mas também pode prejudicá-las caso não seja usada da forma correta.

O marketing de conteúdo, uma abordagem que existe há anos e ganhou ainda mais destaque com o crescimento contínuo das mídias sociais e outras tecnologias, visa atrair um público-alvo através de conteúdo consistente para uma ação lucrativa do cliente.

Esta é uma ferramenta poderosa para pequenas empresas, as ajudando a alcançar um público mais amplo, estabelecer a sua presença, construir o reconhecimento da marca, gerar leads e, em última análise, preencher a lacuna entre vendas e marketing para a geração de leads B2B.

Além disso, o marketing de conteúdo também contribui, entre outras coisas, para o aumento de tráfego de sites, e das classificações de SEO, geração de leads e aumento do conhecimento da marca.

Para que as pequenas empresas sobrevivam, acertar todos os detalhes é crucial. Ao contrário dos donos de marcas maiores, seus proprietários não podem se dar ao luxo de errar, pois as consequências podem impactar significativamente a reputação de sua marca.

Um erro de marketing de conteúdo pode acarretar baixo desempenho nas classificações dos mecanismos de pesquisa, tráfego reduzido do site e desperdício de recursos, esforço e tempo gasto na criação de conteúdo, além de fornecer uma vantagem competitiva à medida que seus concorrentes aproveitam a oportunidade para conquistar seu público-alvo.

Neste contexto, Thomas Helfrich, fundador e CEO do InstantlyRelevant.com, listou, em artigo escrito para a Entrepreneur, oito erros que devem ser evitados na hora de promover um negócio.

1. Não definir claramente o seu público-alvo

Divulgar um produto e esperar que ele seja comprado não é suficiente, é preciso pesquisar o público e construir um perfil de cliente ideal, explica Helfrich.

“Aproveite ao máximo as ferramentas de pesquisa para entender seus clientes, suas plataformas preferidas, os problemas que buscam resolver e como você pode se posicionar como a solução que eles precisam”, orienta.

2. Não criar uma estratégia de conteúdo clara e consistente

De acordo com o especialista, sem uma estratégia de conteúdo bem definida, alcançar ou sustentar seus objetivos de marketing de conteúdo é um desafio.

“Compreender a importância do marketing de conteúdo é uma coisa, mas executá-lo com sucesso é outra. A ausência de uma estratégia de conteúdo pode marcar o início do fim de seus esforços de marketing de conteúdo, e isso é algo que ninguém deseja”, declara.

A consistência, segundo Helfrich, é crucial para o sucesso do marketing de conteúdo, uma vez que permite a entrega regular de informações valiosas ao público e ajuda a construir confiança e credibilidade, aumentar o público e gerar leads por meio de um sistema eficaz.

3. Negligenciar o acompanhamento das tendências

“Como proprietário de uma pequena empresa, você está prestando um péssimo serviço a si mesmo ao não se manter atualizado com as tendências do setor. Os comportamentos dos clientes estão em constante evolução e o espaço online fornece informações valiosas sobre essas mudanças. Ficar para trás significa que você está no escuro quando se trata do seu negócio”, afirma o especialista.

Helfrich enfatiza a importância de se manter atualizado com as tendências do setor e as melhores práticas em mecanismos de pesquisa e plataformas de mídia social, o que só é possível através de um comportamento proativo, ágil e adaptativo.

4. Comprometer a qualidade do conteúdo

A qualidade do seu conteúdo desempenha um papel fundamental no sucesso dos seus esforços de marketing de conteúdo, alerta Helfrich. Muitos proprietários de empresas, no entanto, ignoram esse aspecto crucial, o que pode ter consequências negativas no futuro.

“Conteúdo de alta qualidade tem o poder de ser acionável, persuasivo e emocionalmente envolvente, incentivando seu público a realizar a ação desejada. Você pode chamar a atenção do seu público-alvo, aumentar o reconhecimento da marca e se posicionar como autoridade produzindo conteúdos interessantes e úteis”, garante.

5. Negligenciar as práticas recomendadas de SEO

“Para as pequenas empresas, aproveitar o marketing de conteúdo orgânico é a abordagem mais econômica e sustentável. No entanto, acertar requer atenção e planejamento cuidadosos. Ignorar as práticas recomendadas dos mecanismos de pesquisa, como capacidade de resposta móvel, pesquisa de palavras-chave e SEO na página, significa se preparar para o fracasso”, avisa o especialista.

Ao invés disso, ele recomenda a adesão às práticas recomendadas dos mecanismos de pesquisa e posicionamento estrategicamente dos negócios. Desta forma, conforme Helfrich, é conquistada uma vantagem nas páginas de resultados dos mecanismos de pesquisa (SERPs), o direcionamento do tráfego para o site desejado e o estabelecimento do negócio como uma marca relevante e valiosa.

6. Sempre parecer focado em vendas

Empurrar um produto agressivamente para o público pode ter o efeito oposto do que se espera. Um dos maiores erros do marketing de conteúdo, de acordo com Helfrich, é parecer muito focado nas vendas sempre que surge uma oportunidade, o que pode afastar os consumidores.

“Em vez disso, concentre-se em fornecer valor ao seu público de forma consistente. Como as pessoas são criaturas emocionais, é mais provável que comprem de você por causa do valor que você oferece”, sugere, afirmando que o valor desperta a curiosidade, o que por sua vez aumenta as taxas de conversão.

7. Não oferecer variedade de conteúdo

Embora um determinado tipo de conteúdo possa ter funcionado no passado, ele não garante o mesmo sucesso sempre, avisa o especialista.

“Para tirar o máximo proveito do seu marketing de conteúdo, abrace a diversidade. Não existe uma abordagem única para o marketing de conteúdo, pois as pessoas respondem de maneira diferente a vários tipos de conteúdo. Experimente diferentes formatos de conteúdo, desde somente texto até conteúdo visual, para obter os melhores resultados em vários canais e plataformas de marketing”, aconselha.

8. Deixar de medir e analisar resultados

“Aderir ao movimento do marketing de conteúdo não é suficiente se você não consegue medir seus resultados. Você não saberá o desempenho do seu marketing de conteúdo sem uma medição adequada”, garante Helfrich.

Segundo ele, é essencial se certificar de ter métricas importantes em vigor para avaliar o que está funcionando e o que não está. Estas métricas específicas a serem medidas dependerão dos serviços oferecidos e dos objetivos almejados, podendo incluir, por exemplo, tráfego do site, taxas de cliques, taxas de rejeição e taxas de conversão.

Fonte: Administradores

Posts relacionados

Os 9 principais insights do Global Marketing Playbook 2023

Como conquistar a atenção dos clientes na era do Marketing da atenção

7 de fevereiro de 2024 / Marketing / por Comunicação Krypton BPO
Cinco razões para não usar apps de mensagens no desktop

Calendário de marketing 2024: 8 dicas para montar um

5 de fevereiro de 2024 / Marketing / por Comunicação Krypton BPO
Estudo revela que 40% das empresas ainda não se ajustaram à LGPD

Marketing e LGPD: especialistas apontam papel da área para a segurança de dados

2 de fevereiro de 2024 / Marketing / por Comunicação Krypton BPO

3 insights de tecnologia e consumo para 2024, segundo a Meta

26 de janeiro de 2024 / Marketing / por Comunicação Krypton BPO

O que esperar de Marketing 6.0, o novo livro de Philip Kotler

24 de janeiro de 2024 / Marketing / por Comunicação Krypton BPO

Pesquisa generativa do Google impacta setores de marcas, afirma estudo

23 de janeiro de 2024 / Marketing / por Comunicação Krypton BPO

abc