Please enable JS

Blog

Inbound Marketing: saiba mais sobre essa estratégia e atraia mais clientes para o seu negócio!

25 de janeiro de 2022 / Marketing / por Comunicação Krypton BPO

Fazer o produto chegar até o cliente. Esse é um bom resultado para as ações que são desenvolvidas pelo marketing, não é mesmo? Apesar de ser uma estratégia muito usada, há também espaço para a inversão dessa ideia, denominada de Inbound Marketing. Sim, nessa ação, são desenvolvidas um conjunto de intervenções com o intuito de fazer com que o cliente chegue até o seu produto ou serviço. Para isso, a comunicação precisa ser ainda mais eficaz. Além de ser uma ótima metodologia de marketing digital, pode te ajudar a fidelizar muitos clientes de forma progressiva.

Fazer com o cliente se interesse pelo seu negócio, é uma das formas mais valorosas e encantadoras de atração em potencial. O consumidor faz uso de seus serviços por espontaneidade, ainda que permeada de ações que viabilizam tão situação.

Com a maximização do uso das ferramentas digitais como blogs e mídias sociais, é possível fazer buscas e por meio delas, escolher qual experiência será interessante vivenciar com relação a alguma marca. A facilitação da troca de informações em larga escala e de forma on-line contribui e muito para que os clientes tomem decisões de compra mais assertivas. Essa tendência de pesquisar é imprescindível para basear o interesse do cliente, e por isso é importante manter as redes atualizadas e monitoradas de perto.

Nesse sentido, gerar material qualificado alinhado com ações que performem de forma satisfatória, com o intuito principal de fazer com que toda essa estratégia se conecte e gere resultados. O Inbound Marketing é a ferramenta que torna a sua empresa referência no assunto. Na hora de definir um plano de ação, é importante pensar nisso e entender que o responsável pelas ações de marketing do seu negócio deve fazer com que a sua marca se transforme no principal canal de buscas. Como? Se quiser saber, continue por aqui e confira dicas valiosas de Inbound Marketing, para alavancar de vez os seus projetos.

Primeiramente, é importante falar das vantagens do Inbound Marketing!

  • Consolidar posicionamento de referência no setor de atuação;
  • prospectar clientes em potencial e aumento de fidelização;
  • conquistar clientes que estejam com os seus objetivos alinhados com a proposta de valor da marca;
  • diminuir os gastos.

Definir público alvo

Atenção! Este é o foco do Inbound Marketing.  É essa a estratégia usada para atrair clientes e encanta-los para que se sintam atendidos de forma verdadeiramente eficaz e que tenham suas expectativas supridas. Mas até chegar a esse ponto de fidelização, é necessário saber aonde estão os clientes potenciais que estão aptos a investir no seu negócio. Este, sem dúvida, é o primeiro passo.

Para agir com propriedade, é importante que se tenha o mínimo de embasamento. Bagagem essa que as pessoas que tem a possibilidade de trabalhar com o nicho de atuação desenvolvem e é, sem dúvida, um grande diferencial. Se você vai lidar com essa estratégia sem ter muito conhecimento de mercado é importante se especializar no assunto, isso evitará que seu plano de ações performe de maneira negativa. A experiência te tornará expert no que você faz, a comunicação com o público alvo será clara e objetiva, e por consequência, te fará alcançar a credibilidade de grandes marcas e a visibilidade no setor.

Se seu segmento interage com diferentes nichos, é imprescindível tatear, compilar e listar as áreas que podem ser importantes para sua empresa. Ah, também é relevante definir o alcance do seu negócio, aqui estamos falando de pequenas, médias ou grandes empresas. Delimitar essa preferência também ajudará a delimitar com alguma facilidade seu público.

Criar a buyer persona (público potencial)

É por meio da criação da buyer persona que será possível pautar a produção de conteúdo. Aqui, será elencadas as preferências, gostos, modo de agir, faixa etária, gêneros, localização, estado civil e, considerando que estamos falando de um produto voltado ao marketing digital, a sua interação com as mídias socias e com o ambiente on-line de forma geral.

Somente depois da criação da buyer persona será possível entender com quem a sua marca está conversando. É um estudo minucioso e detalhado para tornar essa ação bem sucedida. Pergunta importante: Quem você deseja atingir? Profissionais autônomos, profissionais ligados a alguma grande empresa? Algum nicho específico?

Quando falamos de persona, estamos tratando de uma representação que precisa ser o mais fiel ao real, é um personagem como o próprio termo propõe. A personalização de toda as estratégias e produção de materiais para mídias on-line se dá por meio de sua definição.

Pesquisas são bem-vindas. Essas análises possibilitarão identificar quais são as características que se replicam e conectam entre os potenciais consumidores de um produto. Esses estudos podem acontecer por meio de entrevistas presenciais, uma espécie de grupo focal. Ou até mesmo, por meio de formulários, como por exemplo o “Goole Forms “

Para elaborar o questionário de perguntas, é importante se ter em mente, que elas precisam explanar os conhecimentos específicos para traçar um perfil. Feito o estudo, hora de mapear todas as respostas, procurar por comportamentos incomuns entre os entrevistados, para então começar a identificar e construir a persona, ou as personas.

Hoje, existem ferramentas que auxiliam na geração de personas, sãos “os geradores de personas”. A plataforma RD Station, disponibiliza essa plataforma de forma gratuita. Existe uma praticidade na aplicabilidade desse gerador, que disponibiliza um PDF, com as personas para consulta.

Elaborar a jornada de compra

A jornada de compra é realmente um trajeto como a própria palavra sugere que vai fazer com o que o cliente queira consumir o que você oferece. Aqui, diferenciais te fazem largar na frente dos negócios que atuam no mesmo segmento.

Esse processo é muito visual e inclui conteúdos educativos, como a produção de posts, eBooks, webinars, vídeos e infográficos.

Este, literalmente, é um jogo. Onde o seu principal desafio é produzir conteúdo de profundidade para que seu público se encontre nele e se sinta atraído.

Etapa 1 – A aprendizagem que gera conhecimento

A persona começa a performar e ainda não consegue definir no momento se terá que fazer ima intervenção para a resolução de um problema ou se é uma possível oportunidade de entrada no mercado. Aqui, o objetivo é atrair os clientes para começara a entender o comportamento e assim traçar mais ações efetivas.

Etapa 2 – Descobrindo um problema

Depois de detectado o possível problema, ou oportunidade no nicho, é hora de saber o que te espera e tatear resoluções.

Etapa 3 – Estratégias para a solução

Sua persona identificou ações que podem resolver os problemas e começa a desenvolver soluções. Aqui, as prioridades devem ser mapeadas com máxima urgência. Se isso não for feito rapidamente, pode até haver a identificação do cliente com o seu produto, mas alguma informação que ficou distanciada da realidade do mercado, pode fazer com que ele desista de se conectar.

Etapa 4 – Decisão de compra

Seus diferenciais competitivos foram avaliados e bem sucedidos. Nesse nível já houve uma comparação com as demais possibilidades no mercado.

 Funil de Vendas

O funil de vendas é um passo importantíssimo. Até aqui o seu público alvo foi definido e são essas informações que servirão de base para a começar a construir a estratégia de Inbound Marketing. Baseando- se agora no Funil de Vendas.

A figura acima demonstra as etapas do funil. Observe que o foco é a atração de clientes para o seu produto, sendo a última etapa, a fidelização dessa prospecção.

O intuito agora deve ser o de manter o relacionamento para continuar nutrindo o lead alcançado de materiais que estejam conectados com cada estágio da jornada de compra.

Depois de algum tempo performando, esse lead se toma mais engajado, é nesse momento que começam a surgir conteúdos que vão te ajudar de maneira mais assertiva na resolução dos problemas que forma identificados nas etapas e que vão permear a tomada de decisão. É uma ótima oportunidade de venda.

Lembrando que todas essas ações abordadas até aqui, devem ser replicadas constantemente buscando a melhoria do plano estratégico. O intuito é que o cliente se torne fiel aos seus produtos.

Quer aplicar o Inbound Marketing na sua empresa? O primeiro passo é pensar nas ações e canais de atração.

A presença digital é o fator mais importante nesse momento. O comportamento dos clientes em ambiente digital diz muito sobre o foco das ações. Quando um consumidor deseja adquirir algo, faz uso de algumas palavras chave para pesquisar. Essa é uma busca simples, mas você pode perder um cliente em potencial caso a sua marca não tenha presença digital. Já falamos disso por aqui, se perdeu, confira!

Gerenciamento de redes sociais: entenda a importância da presença digital para o seu negócio

Um dos canais de comunicação mais importantes, sem dúvidas, é o site. Talvez, seja o primeiro contato de um possível cliente com o seu negócio. Vamos usar um exemplo: O cliente pesquisa sobre “empresas de certificado em Mato Grosso do Sul, ou “certificado digital BH, os mecanismos de pesquisa das plataformas de busca, elenca algumas respostas, e se a sua empresa tiver um site próprio ganhará mais notoriedade e credibilidade, podendo ser visualizada nesse rankeamento, que são os o são critérios que o Google considera para posicionar melhor organicamente um site na página de resultados para uma busca a uma determinada palavra-chave. Ah, isso também transmite mais segurança e profissionalismo ao cliente.

Se sua empresa ainda não tem um site próprio é importante começar a pensar nessa ideia. Essa ação é de extrema importância para as estratégias de Inbound Marketing. Fique atento nessa hora! Pois, por mais que existam uma série de URLs que são oferecidas de forma gratuita, onde existe toda uma forma prática e intuitiva de se configurar a página, essas opções são totalmente prejudiciais para a imagem que seu site vai passar ao público-alvo.

Algumas plataformas não permitem que você tenha o seu próprio domínio, como o WordPress, Blogger e Uol. Isso não é interessante, pois futuramente comprometerá as integrações que podem vir a surgir para, por exemplo, criar email personalizados. Nesse sentido, opte por pagar para ter o seu domínio próprio. Pesquise muito para buscar um sistema de hospedagem confiável, já pensando nas vantagens que isso irá agregar ao SEO.

Fonte: Link Certificação Digital

Posts relacionados

lideranca

Líderes de marketing e vendas b2b estão focando no crescimento do pipeline

24 de maio de 2022 / Marketing / por Comunicação Krypton BPO

O impacto das soluções sem cookies na integração de dados

23 de maio de 2022 / Marketing / por Comunicação Krypton BPO

O impacto das soluções sem cookies na integração de dados

20 de maio de 2022 / Marketing / por Comunicação Krypton BPO

Porque SEO é um ótimo investimento, não apenas um custo

19 de maio de 2022 / Marketing / por Comunicação Krypton BPO

Algumas tags de extensão de sitemap ficarão sem suporte

18 de maio de 2022 / Marketing / por Comunicação Krypton BPO

Marketing data driven: por onde começar?

17 de maio de 2022 / Marketing / por Comunicação Krypton BPO

abc