Please enable JS

Blog

Atividade das indústrias tem estabilidade em Minas

7 de outubro de 2021 / Consultoria / por Comunicação Krypton BPO

A Pesquisa Indicadores Industriais divulgada ontem pela Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg) mostrou estabilidade da atividade industrial mineira em agosto na comparação com julho. No confronto com agosto de 2020, o indicador avançou 18,7%, motivado pela elevação de 147,5% na indústria extrativa.

No acumulado de 2021 até o oitavo mês, o faturamento aumentou 23,9%, refletindo os crescimentos nos dois segmentos da indústria: extrativo (77,5%) e de transformação (15,5%). Nos últimos 12 meses, o incremento do índice geral é de 18,3%, impulsionado pela expansão das indústrias extrativas (60,5%) e de transformação (13,3%).

“A atividade industrial ficou estável em agosto na comparação com julho. O faturamento da indústria geral, composta pelas indústrias de transformação e extrativa, praticamente não variou e as horas trabalhadas na produção ficaram estáveis. A utilização da capacidade instalada registrou pequena queda, de apenas 0,3 ponto percentual. Já no acumulado do ano até agosto, ante igual período de 2020, os indicadores da indústria geral foram majoritariamente positivos”, avaliou a analista de Estudos Econômicos da Fiemg, Júlia Silper.

Silper destaca que de janeiro a agosto a indústria – extrativa e de transformação – teve bons resultados. “O segmento extrativo foi beneficiado pelo aumento das exportações de minério de ferro. Já o segmento de transformação foi positivamente impactado pela maior abertura da economia em decorrência da flexibilização das restrições sanitárias neste ano. Alguns setores também vêm sendo favorecidos pelo dólar valorizado, na medida em que incentiva as exportações e promove um processo de substituição de importações de determinados bens”, disse a analista de estudos econômicos da Fiemg.

Empregos

O emprego da indústria geral cresceu 0,5% em agosto frente a julho, reflexo do avanço de 0,6% no segmento de transformação. Ante agosto de 2020, o índice geral aumentou 8,7%, pela expansão de 8,6% apurada nos dois segmentos. De janeiro a agosto, o emprego da indústria geral obteve elevação de 4,5%, explicada pela expansão dos setores extrativo (8,8%) e de transformação (4,1%). No acumulado dos últimos 12 meses, o índice avançou 2,1%.

Apesar da estabilidade da atividade econômica de agosto em comparação a julho, o emprego teve crescimento significativo. “Em agosto, frente a julho, o emprego cresceu 0,5%. No acumulado do ano até agosto, ante igual período de 2020, o emprego industrial cresceu 4,5% em Minas Gerais. Outras pesquisas, como o Caged, também vêm mostrando avanço do emprego no setor”, explicou JúliaSilper.

A analista esclarece que os indicadores da pesquisa são deflacionários. “Porém, o aumento dos custos com transporte, energia, embalagens e matérias-primas, por exemplo, impacta negativamente toda cadeia produtiva industrial. A elevação dos custos de produção encarece o preço do produto final, o que afeta tanto a indústria quanto o consumidor final”.

Encontro fomenta negócios na cadeia de bebidas

Intensificar as possibilidades de fornecimento para o setor de bebidas e incentivar a mão de obra local, gerando emprego e renda. Com esses objetivos, o governo de Minas Gerais, por meio da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico (Sede), a Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg) e o Grupo Petrópolis promovem, no próximo dia 20, a segunda edição do Projeto Compre Bem, de forma on-line.

A iniciativa coloca frente a frente compradores que possuem uma demanda específica por produtos e/ou serviços de fornecedores mineiros. Nesta edição, as rodadas serão com empresas do setor de peças e componentes elétricos para manutenção predial e metalmecânica: vedações, correias, correntes, mangueiras, fixação, válvulas, selos mecânicos, ferrosos e não ferrosos.

As inscrições para participar do encontro on-line são gratuitas e vão até 14 de outubro. Para se candidatar, a empresa deve ter, obrigatoriamente, o CNPJ em Minas Gerais. O endereço de acesso ao evento será enviado por e-mail aos participantes no dia 19.

De acordo com o secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico, Fernando Passalio, o projeto fortalece o desenvolvimento regional, possibilitando abertura de mercado para outras empresas, fomentando novas oportunidades de trabalho para a região.

“O projeto Compre Bem é sinônimo de boas práticas para o desenvolvimento econômico, promovendo oportunidades para diversas empresas. Além disso, com as compras locais, há benefícios de redução de custos logísticos e de emissões, fazendo com que a indústria mineira seja mais competitiva”, destaca.

A expectativa do diretor de compras do Grupo Petrópolis, George Ramos, é fomentar essa conexão comercial. Fornecedores mineiros poderão atender a oitava e maior fábrica do Grupo Petrópolis, localizada em Uberaba. (Agência Minas)

Fonte: Diário do Comércio

Posts relacionados

Inovação em prol do mercado financeiro

25 de outubro de 2021 / Consultoria / por Comunicação Krypton BPO
comunicação inclusiva

Comunicação inclusiva em alta

25 de outubro de 2021 / Consultoria / por Comunicação Krypton BPO

Entenda o que é e para que serve a cultura organizacional

22 de outubro de 2021 / Consultoria / por Comunicação Krypton BPO

Demanda por crédito rural aumenta 36% em Minas Gerais

22 de outubro de 2021 / Consultoria / por Comunicação Krypton BPO
Responsabilidade Social

Responsabilidade social corporativa e governança

21 de outubro de 2021 / Consultoria / por Comunicação Krypton BPO

Gerenciamento de equipe também pode ser high-tech

20 de outubro de 2021 / Consultoria / por Comunicação Krypton BPO

abc